domingo, 30 de outubro de 2011

História de João Alberto Cruz - Albertinho

ALBERTINHO COMO ERA CONHECIDO

Filho de João Alberto Cruz e Maria José E. Santos Cruz, irmão de Beatriz Cruz Santo, Glauber Evangelista Cruz e Gilmar Correia (irmão paterno), Estudou na Escola de 1º grau Monsenhor Rangel, foi cabeleireiro,  modelo de passarela e fotográfico.
Foi uma criança muito levada, gostava de andar descalço, desnudo, brincava com cavalo de pau, e tantas outras brincadeiras rústicas da época.
Tinha paixão por gatos vira lata, os mais surrados, ele os catavam nas ruas e cuidava como se cuida de um bebê, entre tantos cito mimosa uma gata que teve paralisia nos membros movendo apenas a cabeça e uma das patinhas, e por muito orar, Albertinho, obteve através de sua fé em Deus a cura desse animal, que para nós foi um milagre.
Amava dançar, passear, vida típica de jovem, jovem lindo cheio de vida.


Por Albertinho em 08/04/2003:

Sou um cara que amo viver intensamente, extrovertido, brincalhão, exótico...
Trabalho como cabeleireiro e maquiador, fiz de tudo um pouco, fui até cartomante, rezador, vendi cocada na rua, fui também massagista de duas Senhoras Idosas sendo uma delas paralítica.
Apesar de ter várias atividades, meu grande sonho é ser modelo ou ator, só que morar em cidade do interior (Gararu) no Sergipe, torna-se complicado realizar esse sonho, que não é impossível. Muitas pessoas criticam, mas não perco a fé, que um dia estarei na TV falando a trajetória de minha vida, ser vencedor, e, provar que através da fé em Jesus, cheguei onde sempre sonhei. Sou muito “eu”, carinhoso é minha marca registrada.
Meu grande privilégio é ser filho de Maria José, amiga, razão do meu viver, e João Cruz, meu querido irmão Glauber e minha conselheira irmã Beatriz, meu gato peralta e minha cadela babita.
O mais importante, tenho Jesus Cristo como meu defensor, amigo e Salvador, Deus  meu Criador e Pai.

Esse é o resumo da minha vida, um dia vou reler, para todos ouvir e saber que Jesus sempre esteve ao meu lado, e sempre estará.

Esses escritos como tantos outros de Albertinho, encontram-se sob a guarda da família Cruz. 
  
 Sabemos que Albertinho não exerceu nenhuma função diplomática, porém, é um filho ilustre de Gararu, por tantas pessoas que Ele salvou no Rio São Francisco, por ter embelezado tantas pessoas de diversos seguimentos, por ser tão forte e tão frágil ao mesmo tempo, "Um ser único".

2 comentários:

  1. Belíssimas Palavras, Deixou muitas Saudades! mais vai estar pra sempre em nossos corações e vivo na memoria.. O sorriso e a beleza de uma pessoa UNICA, de coração puro o amigo de SEMPRE!
    Eglícia Bernardo

    ResponderExcluir
  2. Belíssima biografia, Albertinho foi também um ótimo conselheiro cheguei a presenciar ele dar conselhos a duas pessoas do meu povoado, infelizmente algumas pessoas como Albertinho teve seu sonho interrompido.

    ResponderExcluir

BEM VINDOS A GARARU/SE
Ocorreu um erro neste gadget